Citar

Confusões sentimentais

Entre confusões sentimentais tento descobrir como funcionam as engrenagens que fazem funcionar tais sentimentos aqui dentro e mim.

Afogado em confusões sem causa e efeito, fico a deriva neste misterioso mar que navego.

Gostaria de ter respostas, gostaria de ter atitude, gostaria de saber me entender e sair desta inquituosa confusão que ataca meus sentimentos.

Citar

Dor e sofrimento

Tem hora que não desejo mais cultivar tais sentimentos. Acredito que o mundo seria um lugar melhor para mim se eu os não o tivesse. Quando falo de sentimentos, eu não me refiro ao de amor ao próximo e sim sobre relacionamentos amorosos. A falta de sentimentos seria como se fosse um escudo que o protege dos piores desastres.

Entretanto para haver falta de sentimento se faz necessário sofrer, como dizem, não existe sofrimento sem dor.

O quanto eu deveria sofrer até chegar ao ponto de não ter mais estes sentimentos?

Citar

Autosabotagem

Vida vida vida! Prazer em te conhecer e de estar vivendo a ti!

Mas desejo hoje falar com você sobre o amor. Sim! Este maldito amor… rsrs

Já conheci e atualmente conheço pessoas excelentes! Que fizeram e que fazem da minha vida um lugar belo e apreciável! Cheio de vida e gratidão.

Mas alguma coisa aqui dentro de mim parece querer me auto sabotar! Não sei dizer ao certo. Eu deveria estar feliz e contente com o que tenho e com o que já tive. Mas sempre! De alguma forma, alguma coisa sempre ficou na minha cabeça me falando que existe algo ainda melhor.

Mas melhor de que? Porquê se questionar?

Só aceite, só viva, só seja feliz… Só isso!

Está minha imbecilidade de querer algo maior ou de achar que ainda não está bom deve ser minha maior autosabotagem.

Eu acho que eu me auto destruo aos poucos como este pensamento.

Citar

Somente você me deixa assim

Já me perdi em muitos versos mais sinceros, iludidos ou não clamante a ti. Já foram noites & madrugadas perdido em palavras buscando expressar sentimentos confusos e ocultos aqui dentro mim. Vaguei no mais profundo e obscuro vale durante os momentos em que te perdi.  Durante a caminha foram mais inúmeras palavras escritas a mão falando de ti. Partes eram mágoas, partes eram lembranças de alegria, independente da parte tudo remetia a você.

Durante muitos anos você sempre foi o palco da minha atenção a quem decidi escrever. Talvez musa de inspiração, talvez musa de decepção, de ilusão… sei lá!

E mais uma vez eu estou aqui escrevendo sobre ti em minhas confusões mentais, loucuras e delírios do coração. Somente você me deixa assim.